top of page

Capacitação do Conexão Cooplaf aborda balanceamento de dieta com capim capiaçu


Balanceamento de dieta com capim capiaçu” foi o tema da segunda palestra do Conexão Cooplaf, ciclo de capacitações técnicas promovido no âmbito do Projeto Cooplaf Leite, numa parceria entre Instituto BioSistêmico (IBS), Sebrae MS e Zoetis Saúde Animal de Campo Grande/MS.


Realizada no dia 10/08, na sede da Cooperativa Agrícola Mista da Pecuária de Corte e Leiteira e da Agricultura Familiar (Cooplaf) em Terenos-MS, a palestra foi conduzida pelo Zootecnista Vitor Corrêa de Oliveira do Centro de Pesquisa e Capacitação da Agraer (Cepaer). O encontro contou com a participação de representantes da Zoetis, da Cooplaf e do IBS.


Com elevado potencial de produção e bom valor nutritivo, o capim capiaçu pode ser utilizado na forma de silagem ou picado verde, uma alternativa de fonte de suplementação volumosa de baixo custo e de boa qualidade para o rebanho leiteiro.


“Balanceamento da dieta com capiaçu foi um tema amplamente abordado pelos consultores do IBS nos atendimentos de manejo nutricional do projeto Cooplaf Leite. E esse encontro serviu para reforçar o conhecimento dos produtores. Muitos deles colocaram em prática a produção de capiaçu e puderam esclarecer suas dúvidas nesta palestra”, destaca Matheus Henrique Magalhães, consultor do IBS que atua no projeto e é responsável pela articulação do Conexão Cooplaf junto aos parceiros envolvidos.


Ao final da programação, os produtores receberam um certificado de participação na capacitação e participaram de um sorteio de brindes.


Sobre o Projeto Cooplaf Leite


O Projeto Cooplaf Leite foi concebido pelo Instituto BioSistêmico com o objetivo principal de promover o desenvolvimento da pecuária leiteira junto aos cooperados da Cooperativa Agrícola Mista da Pecuária de Corte e Leiteira e da Agricultura Familiar (Cooplaf), entidade com sede no município de Terenos, no estado de Mato Grosso do Sul, na região Centro-Oeste do Brasil.


Executada pelo IBS, a iniciativa conta com apoio de recursos da Fundação Zoetis e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) do estado do Mato Grosso do Sul. Também é contemplado com o apoio institucional e acadêmico da Unimar – Universidade de Marília.


Esse é mais um projeto de pecuária executado pelo Instituto BioSistêmico que usa a metodologia CheckMilk, que conta com uma plataforma com sistema de gestão e aplicativo para as equipes técnicas e para os produtores. O sistema facilita a gestão do projeto e o aplicativo auxilia o produtor no dia a dia, como um suporte, uma extensão da consultoria do IBS que pode ser acessada a qualquer hora na palma da mão.

22 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page