Gestão de resíduos de fazendas e laticínios: por que você deve priorizar?

Atualizado: Nov 10


Foto: Gisele Rosso/Embrapa

Na atividade leiteira, o processo de ordenha requer constante higienização dos equipamentos e tubulação. Para a higienização, são utilizados grandes volumes de água quente e detergentes específicos, resultando em uma alta quantidade de resíduos gerados.

Uma boa gestão garantirá a correta destinação dos resíduos para que não sejam lançados de maneira indiscriminada no ambiente. Dessa forma, evita-se contaminação do solo, do ar e dos mananciais de água, garantindo a sustentabilidade da atividade.

Por essa razão, é imprescindível que o produtor esteja atualizado sobre as recomendações vigentes para uma boa gestão de resíduos na propriedade. O mesmo vale para os laticínios que devem estar atentos às regras para a correta gestão de resíduos provenientes da produção de lácteos.

Resíduos de fazendas leiteiras e laticínios: desafio que merece total atenção


Na pecuária leiteira, um ponto importante de atenção é o manejo de dejetos, efluentes e demais resíduos gerados pela atividade, tais como lixo decorrente da ordenha, materiais de descarte e embalagens vazias.

Quando esse manejo não é realizado de acordo com os padrões legais e as boas práticas ambientais, compromete-se a sustentabilidade da produção com riscos de impacto ao meio ambiente.

Para minimizar a excessiva geração de resíduos, é necessário conhecer o processo produtivo, realizando um diagnóstico de cada etapa, identificando as entradas (água, energia, matéria-prima), tecnologias, resíduos gerados, suas características e fontes de geração.

A partir disso, deve ser realizada a correta destinação de todos os resíduos, tanto das fazendas leiteiras quanto dos laticínios, de acordo com as recomendações dos orgãos competentes.



Ações para melhorar a gestão de resíduos na pecuária leiteira


Deve ser constante na produção leiteira a busca por um equilíbrio ambiental, obtido através da redução do uso de recursos naturais e redução da poluição (resíduos sólidos, emissões atmosféricas, ruídos e efluentes), de forma integrada à estratégia de negócios do setor.

Neste contexto, a gestão dos resíduos na fazenda e na indústria de laticínios merece total atenção e deve englobar todas as etapas do processo produtivo.

A propriedade deve apresentar medidas para reduzir ou reciclar o lixo (coleta seletiva), seja doméstico ou de resíduos sépticos, implantando um programa de coleta seletiva de lixo, com separação de papel, plástico, metal e lixo orgânico.

É importante a conscientização sobre a sustentabilidade da atividade, com a racionalização do uso de produtos, o que contribuirá para minimizar o volume de descarte de quaisquer tipos de materiais.

Também é fundamental que a propriedade disponha de um local específico e adequado para armazenamento de todos os materiais descartados, como latas de óleo, graxa, embalagens vazias, bicos de pulverizadores, entre outros.

Dentro de um programa de gestão de resíduos, a propriedade deve cumprir com todas as responsabilidades de armazenagem e descarte das embalagens vazias de medicamentos veterinários, seguindo as recomendações dos órgãos oficiais de defesa sanitária e ambiental.

Tais embalagens devem ser armazenadas em locais apropriados e destinados unicamente para este fim.

Efluentes da atividade: exigência da forma correta de coleta e armazenamento


equipamentos e tubulação. Para a higienização, são utilizados grandes volumes de água quente e detergentes específicos, resultando em uma alta quantidade de resíduos gerados.

Por isso, cabe à propriedade dispor de um sistema adequado de coleta e armazenamento de efluentes. Deve também estabelecer e manter procedimentos para identificar e ter acesso à legislação e outros requisitos subscritos pela organização competente, relacionados aos seus aspectos ambientais.

Já na indústria de laticínios, os efluentes líquidos requerem total atenção, principalmente por possuírem elevados teores de matéria orgânica, gorduras, sólidos suspensos e nutrientes.

Utilizar tecnologias e soluções “limpas” e ter um reservatório de efluentes é uma excelente opção nesse contexto dos laticínios. Você quer saber mais sobre a importância da gestão de resíduos da atividade leiteira? Então confira nosso e-book exclusivo sobre esse importante tema!

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo