top of page

IBS promove Gincana Jovem Empreendedor no Projeto Cooplaf Leite


O Instituto BioSistêmico (IBS) vem promovendo a Gincana Jovem Empreendedor, com atividades voltadas aos filhos dos produtores atendidos pelo IBS no Projeto Cooplaf Leite, em assentamentos da região de Terenos, no Mato Grosso do Sul.


A ação integra o escopo desse projeto desenvolvido pelo IBS em parceria com a Fundação Zoetis e com o Sebrae/MS, contribuindo para a meta de engajamento de jovens e mulheres. O objetivo é fomentar o desenvolvimento de negócios sustentáveis, proteger o legado familiar e prosperar em um setor cada vez mais dinâmico.


A gincana foi lançada em setembro numa reunião na sede da Cooperativa Agrícola Mista da Pecuária de Corte e Leiteira e da Agricultura Familiar (Cooplaf), em Terenos, com a condução da equipe do IBS e participação de representantes da cooperativa. Neste primeiro encontro, foram abordados temas como sucessão familiar, motivação empreendedora, importância do agronegócio, além de esclarecidas as regras para a participação na Gincana Jovem Empreendedor.


Na primeira reunião, a equipe do Instituto BioSistêmico também apresentou a plataforma ChecKMilk aos jovens, ensinando como funciona, como deve ser alimentada com as informações das propriedades e de que forma a metodologia CheckMilk é aplicada na execução de todo o Projeto Cooplaf Leite.



Participam da gincana adolescentes e jovens de 13 a 21 anos que deverão cumprir a metas de lançamento de dados zootécnicos no aplicativo CheckMilk, além da participação nas capacitações técnicas. A presença e o engajamento nas tarefas contam para a pontuação dos participantes que terão os resultados nas tarefas avaliados por uma comissão formada pelo IBS e Cooplaf.


“Nosso objetivo é despertar nesses jovens o interesse dentro da cadeia produtiva do leite, contribuindo para um maior engajamento deles na atividade leiteira das respectivas famílias. Estamos capacitando esses jovens para que eles entendam melhor os índices, os controles que são feitos a partir do aplicativo do CheckMilk”, destaca a médica veterinária Bruna Bastos, que integra a equipe do IBS no Projeto Cooplaf Leite.


Ela explica que essa familiaridade dos jovens com o CheckMilk facilita o entendimento dos dados que são coletados todos os meses de cada propriedade, quais são as ações necessárias e os impactos nas propriedades da gestão das informações a partir da plataforma.


“Cada jovem tem feito a coleta dos dados da propriedade da família, insere no aplicativo CheckMilk para depois fazer uma análise desses dados que contribuirão para uma gestão mais eficiente da propriedade. A ideia é que eles apresentem soluções de melhorias para o empreendimento familiar”, acrescenta a médica veterinária.


No mês de outubro, a equipe do IBS realizou uma reunião remota para o esclarecimento de dúvidas e para orientações adicionais, além de um encontro presencial para captação das informações coletadas por eles no decorrer de um mês.


No encontro presencial, eles contaram com o suporte do coordenador técnico do CheckMilk, Matheus Henrique Magalhães, para compilar as informações e interpretar os dados. Foi um exercício prático que reforçou a importância do uso do aplicativo CheckMilk para a condução da propriedade da família.


Para o mês de novembro, está prevista mais uma reunião remota para suporte aos jovens e no começo de dezembro está programado o fechamento das ações com a premiação dos três primeiros colocados. O primeiro colocado será premiado com um notebook, o segundo com um tablet e o terceiro com um celular.


De acordo com o diretor corporativo do IBS, Luís Henrichsen, o engajamento dos jovens nas ações do Projeto Cooplaf Leite é de fundamental importância para a efetividade do trabalho que vem sendo desenvolvido nas 100 propriedades atendidas.


“Nesta gincana, além de promovermos a inclusão digital, munimos esses jovens com informação e ferramentas que permitem a expansão do horizonte das novas gerações. Em ações como essa estimulamos uma visão mais empreendedora e uma atuação mais ativa dos jovens para a prosperidade do negócio familiar, preparando o terreno com bases mais sólidas para a sucessão familiar”, ressalta Henrichsen.


Sobre o projeto


O Projeto Cooplaf Leite foi concebido pelo Instituto BioSistêmico com o objetivo principal de promover o desenvolvimento da pecuária leiteira junto aos cooperados da Cooperativa Agrícola Mista da Pecuária de Corte e Leiteira e da Agricultura Familiar (Cooplaf), entidade com sede no município de Terenos, no estado de Mato Grosso do Sul, na região Centro-Oeste do Brasil.


Executada pelo IBS, a iniciativa conta com apoio de recursos da Fundação Zoetis e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) do estado do Mato Grosso do Sul. Também é contemplado com o apoio institucional e acadêmico da Unimar – Universidade de Marília.


Esse é mais um projeto de pecuária executado pelo Instituto BioSistêmico que usa a metodologia CheckMilk, que conta com uma plataforma com sistema de gestão e aplicativo para as equipes técnicas e para os produtores. O sistema facilita a gestão do projeto e o aplicativo auxilia o produtor no dia a dia, como um suporte, uma extensão da consultoria do IBS que pode ser acessada a qualquer hora na palma da mão.

Comments


bottom of page